A Fórmula 1 na TV fechada

TV ABERTA FORMULA 1 TV FECHADA

E no meio dessa história toda da Fórmula 1 ir ou não da Globo para o Sportv (agora parece que NÃO vai!), resolvi escrever o que penso sobre, utilizando como exemplo um piloto que, devido a audiência da Fórmula 1, acabou fazendo parte da minha vida.

Como vocês já devem ter percebido meu sobrenome é Gerhard, tal qual aquele ex-piloto da Ferrari, Benetton, McLaren e muito amigo de Ayrton Senna: falo, claro, de Gerhard Berger. Por eu ter este sobrenome complicado, volta e meia era isso o que acontecia em um diálogo:

– Qual o seu nome completo?

– Bruno Gerhard

– Bruno o que?

– Gerhard! G-E-R-H-A-R-D…

– Ah, sim!!! Igual aquele piloto de Fórmula 1!

Pois é! Muitas e muitas vezes Gerhard Berger foi meu parceiro de nome/sobrenome complicado. Graças ao piloto, várias pessoas sabiam a maneira de pronunciar e até de escrever o “Gerhard” sem que eu precisasse soletrar. O que isso significa: que boa parte da população se ligava na Fórmula 1. Porém (vem a parte triste da história), de dez ou doze anos para cá, o diálogo com alguém que pede “Bruno o que?” termina sempre em: “G-E-R-H-A-R-D”. Nada mais. A tal da comparação com o piloto austríaco já não existe.

Como pode alguém não se lembrar de Berger? Como pode alguém não se lembrar de Mansell, Hakkinen, Coulthard, Alesi e tantos outros que passaram pelos anos 80 e 90 da Fórmula 1? E, principalmente, como pode alguém não saber quem são Vettel, Hamilton, Rosberg, Alonso, Raikkonen?

Onde eu quero chegar é exatamente na decadência da Fórmula 1 em televisão aberta aqui no Brasil, que já vêm de tempos. Depois da morte de Ayrton Senna, por mais um ou dois anos as pessoas ainda ligavam a televisão acreditando que logo viria o sucessor que daria continuidade ao sucesso brasileiro…o que não aconteceu. Com o tempo e sem pilotos brasileiros brigando por títulos (tendo 2008 como exceção), o “povão” que não gosta do esporte, mas assistia pela “modinha”, acabou deixando a Fórmula 1 de lado.

Até mesmo muitos dos mais velhos, aqueles que amavam ir ao autódromo desde os anos 70 ou 80, gravavam as corridas, discutam sobre isso na rodinha do baralho na praça, já não têm mais tanto interesse no esporte.

Migrar da televisão aberta para a televisão fechada (e eu chamo de “fechada” mesmo), hora outra outra vai acontecer. Claro que isso é, de certa forma, triste para os amantes de Fórmula 1. Afinal de contas ninguém mais (além de nós) vai acordar e tomar o café da manhã com a televisão ligada na Fórmula 1 (mesmo que sem assistir). Acredito que o sentimento mais verdadeiro quando pensamos no fim da categoria em TV aberta, é: “poxa, agora quando eu falar que eu gosto de Fórmula 1 nem vão mais saber do que se trata, quem são os pilotos, as regras, as pistas, os carros, etc…”

E é exatamente isso o que vai acontecer. Acostume-se. Porém, reflita sobre isso: mesmo com a Fórmula 1 sendo transmitida em TV aberta com matérias no Jornal Nacional e no Fantástico (programas de grande audiência), por acaso as pessoas ainda sabem quem são os pilotos, as regras, as pistas e os carros (fora a Ferrari)?

Esquecer o nome de Berger pode até ser normal, mas viver acreditando que a Fórmula 1 é somente Senna, Barrichello e Schumacher (que é o que boa parte dos brasileiros sabe), com certeza mostra que a categoria já não tem lá grande audiência há tempos. Acredito que a nossa vida de apaixonados por Fórmula 1 não mudará tanto assim quando a transação do esporte para um canal fechado acontecer…o que também significa que eu vou precisar seguir soletrando meu sobrenome sem que alguém faça ligação com “um tal de” Gerhard Berger…

Anúncios

Sobre Bruno Gerhard

Jornalista, 27 anos, amante da Fórmula 1 e das viagens. Escritor nas horas vagas.
Esse post foi publicado em Fórmula 1 2014 e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s